terça-feira, 30 de março de 2010

COMO? Mas como é que ele consegue ter tanto estilo?



Todos nós já passámos por momentos de solidão, em que precisamos de um ombro para apoiarmos a cabecinha, chorarmos, alguém que nos faça rir, que nos faça cantar (quem sabe, mas convêm que seja em silêncio) aquelas músicas que dizem tanto acerca do nosso amor, de um dedo a entrelaçar o meu enquanto sorri mostrando o dente que já não tem mas que ninguém nota, porque não é isso que importa.
Engane-se quem pensa que o exterior é o mais importante, não. O verdadeiro sentimento transmite-se pelo olhar, sim, só um olhar sublime é capaz de alcançar a glória.
O "olho", o quão importante é numa relação, não basta passar as tardes com o dito cujo a fingir que somos felizes, não chega dizer palavras que todos dizemos ou dissemos milhares de vezes, não são as noites de sexo bom (ou mau, vá) que vão manter uma relação em chama, não. Mas sim o olho, e mais não digo.
A aparência é uma mera máscara, cada um tem a sua, se é boa ou má, não revela a pessoa a nível interior.
E é nesta medida que hoje, sim, já vem tarde (mas nunca é tarde para aprender) que percebo que não vale a pena procurar pelos homens mais giros, a partir de agora os feios também podem entrar sim senhor. Ups, já me enganei, os menos apelativos (assim está melhor).
Aquele que nem sempre nos chama a atenção à primeira vista (nem à segunda, nem à centésima vez), muitas vezes, é o que melhor se encaixa em nós.
O charme é fundamental para mim, confesso. Mas como já referi, tudo começa com um olhar. O papel do olho está sempre presente, é incrível.
Um olhar sedutor é infalível. E o olho? A cor importa? Azul, verde ou castanho?
Digamos que o olho castanho é comum, na minha opinião cada vez mais perde o interesse.

Este senhor (o da imagem) é um exemplo do que poderia ser o homem da minha vida. E mau não seria.
Já repararam, especialmente, naquele olho maravilhoso? O sentimento que transmite até me arrepia.
O cabelo assim lisinho como o meu. Almas gémeas? Só pode.
Do nariz não falo eu, que prefiro estar calada.
Só sei que é lindo. E com certeza mais lindo será interiormente.

Acho que finalmente estou preparada para enfrentar o mundo lá fora, e fazer a escolha acertada.
Isto de ter, quase, 18 anos já implica uma série de decisões a tomar que não são brincadeira nenhuma.
Eu sei que, agora, estou pronta!

E venham eles! Muahahah

2 comentários:

Gingerbread Girl disse...

eh eh eh

Opá... nem sei que diga.

Que sejam muito felizes, olha. :p


*

MargaridaN disse...

estou maravilhada. homem perfeito