domingo, 27 de dezembro de 2009

Coisas próprias do (meu) Natal

No dia de Natal ao chegar à casa da minha tia e ao ver a mesa cheia de coisinhas boas que eu gosto muito começo logo nisto:



Mesmo depois de ter posto à boca uma boa quantidade de comida não me dei por satisfeita e ataquei a tarte de amêndoa:



Bebida sempre para acompanhar, claro, a comida não podia ir goela abaixo com ela seca:


Depois de ter enfardado o suficiente para me sentir bem cheia, como deve ser no dia de natal (se não me sentir assim nem considero que é natal, ora) dei-me por satisfeita:




Para me conseguir levantar depois é que foi um pau. Estava um pouco complicado com mais 100kg em cima:





E, foi então, que para conseguir deslocar-me só de uma maneira, a rebolar e a levar tudo à frente:



Conseguir chegar até casa viva foi a maior missão da minha vida:



Deitei-me com um certo peso na consciência (sim, eu tenho disso) e a pensar que não devia ter comido tanto:


Dormo 14 horas seguidas e agora estou como nova. Com peso a mais, claro.

6 comentários:

Alexandre disse...

LOOOOOL! O que eu me ri neste post!! =P

fanas disse...

Essa pequena mas tão grande história também se enquandra bem á minha pessoa e ao meu Natal :P infelizmente, claro lOl

Rita da Maçaroca disse...

Ahahahah está demais mesmo :DD
eu tambem fiquei bolinha nos ultimos dias :$

Beijinho

Peixe Espada Polvo disse...

Tarde de amêndoa
Não dá mesmo para parar!

Beijo

PR" disse...

Bem.. isso é que foi! :p

"AnD'z" disse...

tá a moca :p